Sunday, January 28, 2007

O FRIO DO FOGO OU O FOGO DO FRIO

Se tenho frio,recorro a uma técnica eficaz-enregelar-me no fogo que me vem acordando nesta manhã nocturna.Quase sinto o calor que me é transmitido para depois o sentir melhor.
Silhuetas de desdém,aprendi a matá-las,não estou aqui para ver as nuvens de neve que não cai a imprimirem-me soluções inadiáveis-não lhes cedo.Que me importa se me julgam julgando-se heróis que nem tombar sabem?Nada...apenas sei,e mais não poderia,que a minha Arte sobrevive ao tempo,e o tempo,banalizado por reportagens akáshicas,não me é inimigo.
Não me tirareis o mármore,não me lascareis pensamentos,sou dona da minha frieza e senhora do fogo que desejais.
------------Assim fala a Estátua---------

Friday, January 26, 2007

DESCONHECIDO?OU NEM TANTO...

Noite fria,neva no oceano das emoções.Ao menos entrevi a face escondida da minha melodia ancestral sem me deter em sentimentalismos ilusórios ou senis.Não devo ceder a nada que ponha em causa a liberdade de sentir mas alinhar-me nos meus próprios passos.

Thursday, January 25, 2007

Wednesday, January 24, 2007

SOL NOVO

Sol novo que desponta galhos entumescidos,eis chegada a hora de novas conquistas.Não esqueci o sol que me despertava em cada nova manhã da noite nem do som das ondas escocesas-agora,os olhos da Estátua ganham nova vida e os braços movem-se num infinito puzzle de recordações.

Monday, January 22, 2007

Certificasse:)

:)

ENTRANDO NO TEMPLO

O REGRESSO DA ENVIADA
BEM-VINDAdisse-me Ela.E que me certificasse de que a chave ficaria sempre comigo:
"Eras esperada há muito,não fujas do teu Destino."Não olhei para trás e entrei no Templo,onde um dia me banhei na sagrada libação.
-Aproxima-te,disse-me Ela.E caminhei em direcção à fonte.